Nos últimos anos houve um avanço significativo nos debates entre CIOs, organizações e fóruns empresariais em relação a modelos disruptivos. Soluções inovadoras, como inteligência artificial, machine learning, internet das coisas, governança de dados e automação, lideraram debates, pesquisas e adoção empresarial, e seguem como tendência de aquisição para os próximos anos.

De acordo com a pesquisa realizada pelo IDC (International Data Corporation) em 2011, aponta que uma volumetria significativa de dados está sendo gerada de forma crescente e exponencial.

Em 2020, o mundo vai gerar 50 vezes o volume de dados visto em 2011 e 75 vezes o número de fontes de informação.

Como transformar estes dados em inteligência e subsídios para definição estratégica? Como analisá-los de forma clara, rápida, intuitiva sem demandar de outros departamentos?

Segundo Gartner, o uso de uma Plataforma de Business Analytics pode gerar uma vantagem competitiva perante aos concorrentes, aumentando a performance da companhia e sua assertividade em tomada de decisão. Por isso, a Tableau Software, empresa desenvolvedora deste tipo de solução, que possui mais de 50 mil usuários, e presença global, tem como missão e parte do DNA de todos os seus colaboradores o conceito: “A Tableau ajuda as pessoas a ver e a entender seus dados”.

Tudo começou com três rapazes de Stanford, um cientista da computação brilhante, um professor premiado com o Oscar, e um talentoso empreendedor apaixonado por dados. Eles se juntaram para resolver um dos maiores problemas na área de softwares – tornar os dados compreensíveis para pessoas comuns. Esses foram os ingredientes fundamentais para o Tableau.

Nenhuma empresa se torna diferenciada e destacada na grande massa organizacional, fazendo mais do mesmo. A Tableau adota essa conduta e a repassa aos seus clientes, pois implantar uma plataforma de Business Analytics, exige, muitas vezes, uma mudança substancial nas empresas, de nível cultural e estrutural.

Por sua maestria e expertise na entrega de uma solução de alta qualidade e geradora de impactos relevantes e positivos para aqueles que a implementam e por sua capacidade de execução e amplitude de sua visão, a Tableau lidera pelo sexto ano consecutivo o Quadrante Mágico da Gartner para Plataformas de Análise e Business Intelligence.

Mercado e Tableau se encontram em pontos de conexão, onde de um lado existe uma necessidade de entendimento de dados para transformá-los em algo relevante, e do outro, uma plataforma revolucionária e de aderência em todos os setores industriais.

As empresas e seus líderes estão saturados do modelo atual, onde os controles são totalmente descentralizados, não há uma fonte de dados confiável e a geração de relatórios gerenciais normalmente são demandadas de algum setor específico que, na maioria das vezes, possuem um SLA para entrega destes arquivos.

A Tableau vem justamente para atuar na centralização da informação, consolidação de diversas fontes de dados diferentes, empoderar os executivos para que possam sanar qualquer tipo de questionamento que venham a ter e, mais que isso, propagar por toda a companhia o modelo de colaboração, onde todos os funcionários podem acessar diversos relatórios, e contribuir com sua análise de modo a subsidiar mais ainda o tomador de decisão no final do dia.


Comentários: 0

Ainda não há comentários neste post. Seja você o primeiro a comentar!

Deixar um comentário