Governança de dados e compliance eficiente: qual a relação?

governança de dados e compliance

Governança de dados e compliance são dois termos muito presentes nos dias atuais. Afinal, conquistar e manter um bom nível de reputação, maturidade digital e expandir os horizontes com segurança é, sem dúvida, um grande desafio. Principalmente levando em consideração a era do imediatismo, com concorrentes criativos e transformadores.

Outro ponto positivo é o fato de assegurar que sua empresa atenda a todas as exigências da LGPD. Essa nova lei estabeleceu uma série de conceitos jurídicos para regulamentar a forma como as organizações captam, manipulam, tratam e usam as informações de seus clientes. Mas, será possível tornar o processo de compliance mais eficiente com um bom controle de informações? Descubra neste artigo! 

Compliance é mais do que uma tendência: é uma exigência do mercado mundial 

O que era tendência de negócios inovadores agora se tornou um movimento mundial que exige transparência por parte das empresas na forma como tratam os dados que utilizam. É uma questão de ética e segurança para os negócios regionais e internacionais. Não dá mais para atuar nacional ou globalmente, fechar bons negócios, parcerias e ter bons resultados sem atender as diretrizes de conformidade exigidas em cada região.  

Alcançar esse “status” é como ter um outdoor demonstrando que as ações de sua empresa protegem os dados contra violações. Em outras palavras, mostrar que ela atende às leis e regulamentos de privacidade de dados do local em que atua. Uma estratégia eficiente para gerir essas informações com segurança e dentro das normas exigidas nacional e internacionalmente, é unir governança de dados e compliance, garantindo que esse controle faça parte das ações e práticas necessárias para estar em conformidade. 

Como a governança de dados e compliance, juntos, geram maior eficiência 

Para obter conformidade é preciso gerir sistematicamente o enorme volume de informações geradas por quaisquer interações entre a empresa, seus clientes, colaboradores, fornecedores, etc. Em meio a essa montanha de dados existem informações de identificação pessoal, que são dados confidenciais, precisando ser tratados de maneira adequada para não causar danos imensuráveis para as empresas que os utilizam.  

Um projeto de conformidade é extremamente segmentado. Dados críticos surgem o tempo todo de uma grande variedade de ferramentas, documentos, tecnologias e sistemas utilizados para executar as operações de uma empresa. Como proceder? Unindo governança de dados e compliance para ganhar robustez e eficiência. Dessa forma, fica mais fácil aderir aos requisitos de conformidade sem atrapalhar outras operações ou desacelerar o fluxo dos negócios. Isso porque é estabelecido um gerenciamento eficiente das práticas de conformidade.  

É uma maneira de obter um sistema unificado para tratar em tempo real os dados críticos que entregam uma visão clara de sua atual postura de conformidade. Desse modo, é possível impulsionar o andamento e eficiência dos negócios. Além disso, operar sob uma forte governança de dados e compliance, impulsiona uma cultura de conscientização de conformidade refinada. Por exemplo:  

  • Os fabricantes têm diferentes demandas de conformidade, dependendo de seu setor e região de atuação; 
  • Com a sinalização de dados críticos em tempo real, entregue graças a uma governança bem estruturada, é possível monitorar consistentemente as regulamentações; 
  • Assim, os responsáveis podem sinalizar imediatamente quaisquer conflitos e tomar as decisões necessárias para solucioná-los. 

Operar com dados regulatórios e de conformidade mais precisos também pode ser uma excelente estratégia para passar por auditorias, sem a necessidade de retificar uma série de operações, pois as equipes já atuam com as práticas adequadas.  

Os benefícios de unir governança de dados e compliance 

Existem muitas vantagens em ter a governança de dados e compliance atuando em conjunto. Vamos citar os principais. 

  • Preservação da integridade civil e criminal  

Reduz o grau de exposição e responsabilização da alta administração da empresa em relação a condutas irregulares ou ilegais de seus colaboradores. Além disso, o risco de condutas não conformes é reduzido e pode ser prevenido. 

  • Maior eficiência nos negócios e operações 
  1. Menor incidência de fraudes e desconformidades que afetam os recursos capitais, direcionando-os a outros destinos;  
  2. Prevenção dos riscos de sanções legais, perdas financeiras e/ou de reputação. 
  3. Tomada de decisão mais ágil, assertiva e exigindo menor custo operacional. 
  • Vantagem competitiva 

Ter uma boa governança de dados e compliance é uma estratégia importante para gerar competitividade e aumentar a atratividade de uma empresa. Afinal, como dito anteriormente, hoje a sociedade global está conscientizada sobre o consumo sustentável e ético, bem como do valor de seus dados confidenciais, exigindo das organizações postura e comportamento condizentes com essa realidade. 

  • Produtividade aprimorada 

As práticas do compliance sustentadas pela governança de dados promovem e estabelecem uma cultura organizacional que influencia a integridade dos colaboradores e suas ações. Assim, a incidência de comportamentos não conformes que representam desvios é reduzida. 

Outro ponto é em relação à melhora do grau de satisfação, comprometimento e fidelização dos colaboradores, que têm um rendimento maior sob a influência desta cultura. Além disso, a disseminação de boas práticas de governança melhora a coesão das ações e operações, promovendo diretamente a melhoria contínua da produtividade. 

Os motivos e regulamentos para estar em compliance podem variar de acordo com o tipo e região de atuação de um negócio. Porém, as diretrizes de um programa de conformidade eficaz são as mesmas: gerir com eficiência a grande quantidade de dados proveniente de sistemas distintos, garantindo o atendimento de todos os requisitos legais para suas operações. 

Isso porque governança de dados e compliance, juntos, viabilizam um repositório unificado para todos os dados relacionados à conformidade. E havendo evidências de quaisquer ocorrências que estejam afetando a regularidade das operações, imediatamente a falha é percebida e sanada

Chegamos ao fim e esperamos que tenha gostado deste conteúdo. Em nosso Blog você encontra informações relevantes sobre governança de dados e compliance para que possa garantir todos os benefícios dessa união em sua empresa. 

Para começar, sugerimos a leitura do artigo:  

Guia mostra como fazer governança de dados em Data Lake  

Compartilhar conteúdo

jornada Data Driven

Business Analytics

Tenbu Self Services Analytics

Data Storytelling

Ciência de Dados

Modelos de Machine Learning

Machine Learning para Supply Chain

jornada Cloud Computing

Azure

AWS

IBM

Indústria inteligente

Eficiência Energética

Redução de falhas

Manutenção Preditiva

IoT

Governança de dados e LGPD

LGPD OneTrust

Visão Integrada de Produtos e Clientes