Métodos Para Agilizar os Negócios e Como Isso Influencia o Nosso Cotidiano

metodologias ageis

As tecnologias que usamos atualmente e que são consideradas disruptivas não são invenções tão novas assim; a internet, por exemplo, foi criada como artifício do exército na Guerra Fria. O que muda, no entanto, são as maneiras como as utilizamos e damos sentido ao nosso trabalho cotidiano, e nossa forma de viver. Hoje, a internet é utilizada para quase tudo e o mundo não seria o mesmo sem ela. Foi dela que nasceu o IoT e muitas outras tecnologias que mudaram as pessoas e os negócios!

Chegamos Tão Longe… Mas Como ir Além?

Olhando para o presente, é quase impossível imaginar nossa vida sem a internet e os tantos adventos criados a partir dela. Soluções como Analytics, IoT, Machine Learning e Inteligência Artificial vêm sendo cada vez mais necessárias no futuro das empresas, com opções otimizadas e que revolucionam a cada dia os processos básicos e até excepcionais dos negócios. No entanto, para que os processos digitais possam alcançar seu potencial total, é importante que o modo de pensar mude (se modernize).

O conceito de métodos ágeis nasceu em 2001, buscando algumas técnicas até mais antigas para modernizar a própria maneira como a digitalização e passagem de processos manuais para tecnológicos podem acontecer, saindo de organizações tradicionais e engessadas para tecnológicas e ágeis, com poder e autonomia para dispor da flexibilidade que o mercado exige.

Utilizar Equipes Multidisciplinares é Essencial na Cultura Ágil

As práticas conjuntas buscam garantir que as entregas sejam mais rápidas, sem que, no entanto, isso diminua a qualidade do produto ou serviço. Na realidade, optar por seguir princípios da cultura ágil faz com que a comunicação ocorra com melhor sinergia, possibilitando que, mesmo antes da conclusão dos projetos, seja possível lapidar as entregas para exceder as expectativas do cliente.

Essas combinações de práticas conseguem sanar algumas necessidades que a volatilidade atual gera nos mercados, com testes recorrentes realizados dentro das demandas reais da empresa, criando bases sólidas e flexíveis. Uma das grandes dificuldades no momento de gerenciar projetos é justamente o controle sobre as demandas dos clientes, que precisa ser dinâmico para resolver situações adversas sem prejudicar a qualidade ou prazo da entrega.

O Ágil Serve Para Todas as Empresas?

A Cultura Ágil não é uma fórmula específica e isolada; são conjuntos de técnicas que conseguem suportar a transformação digital de uma maneira mais leve, com o objetivo de agrupar o melhor de cada função e dos colaboradores, onde não há receita para o sucesso, mas sim muito trabalho coletivo entre as equipes do projeto e o cliente. O que se deve ter em mente é que o processo organizacional e mindset devem estar adequados à realidade do negócio. Sua empresa pode se beneficiar mais combinando processos ágeis e waterfall do que adotando completamente um ou outro!

Mudar o DNA da empresa é complexo e leva tempo, por isso não há problema em começar com pouco. Adote um ou outro processo da cultura ágil, como Kanban ou Squads, e faça o teste; conforme a empresa for evoluindo e entendendo o conceito dessas técnicas, você pode incorporar novas abordagens, mas sempre deixando espaço para testes, ajustes e melhorias.

Compartilhar conteúdo